Transfer

A flexibilidade que proporciona a nova tecnología electrónica digital generalizou a utilização de transfers electrónicos. Os dispositivos de transferência mecânicos ficaram limitados ás pequenas peças de grande serie.

Vantagens:

  • Avanço, abertura e elevação totalmente programavéis no curso e ângulos de acção, para utilizar várias ferramentas.
  • Seguimento do funcionamento da prensa como se de um transfer mecânico de cames se tratá-se, com a posibilidade de programação dos movimentos segundo curvas de 3º e 5º grau, conforme vosso desejo.
  • Movimento totalmente independente da prensa e da velocidade variavél, mesmo com a prensa em repouso, para permitir verificar o bom estado das pinças, detectores, centradores, etc.
  • Mudança automática de barreiras.
  • Fácil programação de cada deslocação, fixando a posição inicial, final e ângulo de programação. O programa de cálculo establecerá as curvas de deslocação correspondentes.
  • Programação memorizada para cada peça.